A Inseminação Intrauterina é indicada para homens com alterações leves na concentração, forma ou motilidade dos espermatozoides, pacientes com tubas normais e pessoas que apresentem infertilidade sem causa aparente.

Ela otimiza o processo reprodutivo, induzindo a ovulação e preparando o sêmen que será colocado dentro do útero.

O processo envolve duas etapas:

➡ O primeiro é a indução da ovulação e seleção dos óvulos

➡ Já a segunda etapa é a preparação do sêmen, utilizando algumas técnicas como centrifugação, swin up ou gradiente de percoll.

A escolha da técnica utilizada vai depender da contagem e motilidade dos espermatozoides no sêmen.

Após esta etapa, o sêmen é colocado dentro da cavidade uterina através de um cateter maleável introduzido pela vagina.

Vale lembrar que o procedimento é indolor, como se fosse uma coleta de Papanicolau.⠀