A varicocele é um problema que acomete os homens e que, em alguns casos, pode ser atribuída como uma das causas de infertilidade. A doença é muito comum e, segundo dados de 2014, acomete aproximadamente 15% dos homens adultos no mundo, no entanto, apenas uma pequena parte daqueles que possuem esta alteração podem apresentar diminuição da fertilidade.

Mas o que é exatamente esta doença? Quais os seus sintomas e possíveis causas e como é a cirurgia? No post de hoje, encontre as respostas para estas e outras questões sobre o assunto!

O que é a doença?

A varicocele é uma alteração da anatomia normal das veias da bolsa testicular (plexo pampiniforme), que pode ser visível ou não. Geralmente ela é assintomática e acomete mais o lado esquerdo da bolsa escrotal.

Porém, em alguns casos, ela pode causar dor em 5% dos homens, peso e/ou desconforto e ainda comprometer a estética da região.

Quais as suas possíveis causas?

Ainda não há um consenso na ciência sobre a causa da varicocele. Na grande maioria dos casos, a condição existe desde o nascimento, mas se torna mais evidente durante a puberdade.

Devido a sua predileção pelo lado esquerdo, imputa-se à essa alteração uma questão anatômica relacionada à drenagem da veia gonadal. À esquerda a veia gonadal drena na veia renal deste lado, ficando submetida à um sistema pressórico elevado em relação à veia gonadal direita, onde sua drenagem ocorre diretamente na veia cava.

Como ela é detectada?

A varicocele é detectada em um exame físico com o homem em pé, onde se observa um ingurgitamento (dilatação) das veias escrotais que pode ser confirmado através da palpação desses vasos.

A ultrassonografia com Doppler colorido pode confirmar esse diagnóstico através da medição do calibre dessas veias do chamado plexo pampiniforme, que está aumentado, bem como da caracterização do refluxo venoso, que é o fluxo do sangue venoso no sentido contrário no interior desses vasos, podendo ocorrer de maneira contínua ou apenas nos momentos de aumento da pressão abdominal desencadeada através de manobras.

Quais são as consequências da varicocele?

A bolsa testicular situa-se no exterior da cavidade abdominal por um motivo simples: a fisiologia testicular demanda uma temperatura inferior que a corporal para que ocorra de maneira ótima, ou seja, deve estar cerca de um grau abaixo da temperatura abdominal para que produza espermatozoides de boa qualidade.

Com a dilatação das veias escrotais ocorre um aumento da temperatura testicular e com isso há uma queda da qualidade dos espermatozoides produzidos por aquele testículo, que pode ser caracterizado através da alteração da morfologia dos espermatozoides no espermograma.

No entanto, a maioria dos homens que possuem varicocele, não apresentam repercussões clínicas, ou seja, ela é assintomática e não produz alterações da fertilidade.

Quando o homem deve tratar a varicocele?

Em casais com infertilidade e análise seminal anormal, realizada através do espermograma, onde a alteração encontrada pode estar diretamente relacionada à presença da patologia.

Já os homens com análise seminal normal não necessitam de tratamento, independente do grau (intensidade) da varicocele encontrada.

Como é a cirurgia?

A cirurgia é o tratamento mais comum da varicocele. Ela pode ser realizada como um procedimento ambulatorial com anestesia local, ou hospitalar com anestesia geral se assim o médico achar necessário.

As complicações graves são raras nesta cirurgia. Os riscos incluem sangramento, infecção, lesão testicular, coágulos de sangue nas pernas e complicações da anestesia geral.

De acordo com a pesquisas, entre 10 e 15% dos homens submetidos à cirurgia para tratar varicocele têm recorrência ou persistência de varicocele após a cirurgia.

O conteúdo de hoje sobre o que a varicocele foi útil para você? Conte para a gente nos comentários agora mesmo! E se ainda tiver alguma dúvida sobre o assunto, entre em contato!