Antigamente a gestação de gêmeos era bastante comum quando utilizávamos técnicas de reproduçāo assistida.

Transferia-se até quatro embriões para o útero da futura mamãe, mesmo em mulheres jovens.

Hoje, mulheres de até 35 anos podem receber no máximo dois embriões.Mulheres de 36 a 39 anos têm direito à transferência de três embriões e as acima de 40 anos podem receber quatro embriões.
Com a possibilidade de transferir blastocistos ( embriões de 5 ou 6 dia de vida) e de se biopsiar o embrião, melhorando assim, as taxas de implantação⠀
A política atual é de se transferir cada vez menos embriões, com uma chance cada vez maior. ⠀

O importante não é transferir vários embriões para se aumentar as taxas de gravidez, o importante é se transferir um bom embrião!

Procure uma clínica de reprodução humana para mais informações! Procure um especialista para esclarecer suas dúvidas a respeito.

Beltrame, Ana Lucia. Gravides de Gêmeos e a Reprodução Assistida. EllaSaúde, 2020. Disponível em: http://www.ellasaude.com.br/blog/para-engravidar/gravides-de-gemeos-e-a-reproducao-assistida/