De todas as gestações, cerca de 25% evoluem para abortamento, sendo que somente 5% das mulheres terão dois ou mais abortos.

Mulheres acima de 35 anos, tem mais chances de ter uma perda gestacional precoce, isto porque com o aumenta da idade, há diminuição da qualidade dos óvulos e, consequentemente, menor eficiência da divisão celular, causando assim alterações cromossômicas fetais, que são a principal causa de aborto, antes da décima segunda semana de gravidez. ⠀

Quando são recorrentes, é preciso realizar uma investigação detalhada, procurando por Malformações uterinas, pólipos, miomas e sinéquias, que podem estar relacionados aos abortos de repetição, assim como a trombofilia, Que é quando a mulher possui fatores que predispõem a formação de coágulos, prejudicando a evolução da gravidez. ⠀

Por isso, é sempre importante o acompanhamento do médico durante toda a GESTAÇÃO.