O diabetes gestacional normalmente não apresenta nenhum sintoma e se caracteriza pelo aumento dos níveis de açúcar no sangue durante a gravidez, com consequências tanto para a mamãe, quanto para o bebê.

Por isso que o acompanhamento no pré-natal é tão importante para uma gestação segura.⠀

Segundo o Ministério da Saúde, nas últimas duas décadas, houve um aumento progressivo do número de mulheres com diagnóstico de diabetes durante a gestação. Obesidade ou ganho de peso excessivo, hipertensão, idade materna mais avançada e histórico familiar de diabetes em parentes de primeiro grau, são alguns dos fatores de risco.⠀

O rastreamento começa logo na primeira consulta quando é solicitado o primeiro teste para medir o nível de açúcar no sangue ( glicemia de jejum) e por volta de 24 a 26 semanas , um teste de sobrecarga a glicose ( TTGO 75g).⠀

As estratégias de tratamento incluem uma dieta com baixo índice glicêmico, exercícios físicos e dependendo da condição, a utilização de insulina. Por isso, alguns cuidados como o controle de peso, antes e durante a gestação, podem diminuir os riscos.⠀

Tenha sempre seus exames de pré-natal em dia.