4 dicas para identificar seu período fértil

Você está pensando em engravidar? Sabia que existem métodos para detectar quando você está ovulando e, assim, identificar o seu período fértil?

Por isso, no artigo de hoje, você vai encontrar cinco dicas para detectar os dias em que você está ovulando e ainda, tirar suas dúvidas sobre o período fértil da mulher.

Ou seja, os dias mais prováveis em que as células reprodutivas femininas (óvulos) podem se encontrar com as células reprodutivas masculinas (espermatozoides) e, assim, ocorrer a fecundação para que um bebê comece a se desenvolver. Acompanhe:

O que é exatamente o período fértil?

Antes de darmos as dicas para identificar qual é o seu período fértil, você precisa entender o que ele é exatamente.

Podemos definir como o período fértil o intervalo de tempo, dentro do ciclo menstrual que é estimado em aproximadamente 28 dias, em que a mulher tem a capacidade de engravidar. O período fértil, normalmente, ocorre no meio do ciclo menstrual, ou seja, 14 dias antes da próxima menstruação.

Esse período fértil é relacionado exclusivamente com o ciclo menstrual, pois a mulher só libera um ou dois óvulos mensalmente. Ao contrário do homem, que produz espermatozoides o tempo todo.

Além do tempo que é gasto para o óvulo ser liberado pelos ovários, é importante também levar em consideração o período que o espermatozoide usa para fecundar a célula reprodutiva feminina. Uma vez que as células masculinas sobrevivem dentro do corpo da mulher entre três a cinco dias.

#Dica 1 – Como identificar alguns sintomas que mostram que a mulher está passando pelo período fértil?

De acordo com médicos especialistas, da mesma forma que o período menstrual motiva uma série de alterações no corpo da mulher, ao longo do ciclo, o período fértil também expõe a mulher a alguns sinais e sintomas. Confira abaixo alguns deles:

  • Aumento da secreção vaginal: é normal a mulher perceber um aumento da secreção vaginal, ao longo do período fértil. Normalmente, além de ser elástica, sem odor forte, a secreção é semelhante a uma clara de ovo;
  • Dor fraca no baixo ventre: acontece devido ao rompimento da estrutura que envolve o óvulo dentro do ovário. Nem todas as mulheres conseguem perceber a dor e em outras a dor pode ser muito importante;
  • Aumento da temperatura corporal: alguns médicos recomendam as mulheres que desejam engravidar a utilizar o termômetro para reconhecer o início do período fértil. Constata-se um aumento de 0,5 C° desde o início da produção de progesterona que acontece a partir do momento da ovulação. É um instrumento ainda para definir se a ovulação deixou de ocorrer naquele ciclo. Esse método é útil principalmente para conhecer seus ciclos, mas o defeito dele é que detecta a ovulação com mais certeza depois que ela já aconteceu.

#Dica 2 – Identificando a ovulação a partir dos dias do mês

É possível somente identificar a ovulação a partir dos dias do mês quando a mulher que deseja engravidar possui uma menstruação muito regulada. Confira abaixo os passos para ter uma estimativa de quando irá ovular:

  1. Contar os dias de trás para frente no seu ciclo menstrual;
  2. Tentar calcular a data provável do início da próxima menstruação (que será o primeiro dia do ciclo menstrual).
  3. A partir do dia provável do início da sua próxima menstruação, contar 14 dias para trás e ainda os cinco dias anteriores a esses 14 dias. É muito provável que a ovulação ocorra no intervalo entre 19 e 14 dias antes da próxima menstruação.

#Dica 3 – Medição de hormônios pelo teste de farmácia

O kit de ovulação vendido em farmácias detecta o aumento nos níveis de hormônio luteinizante (LH) que acontece 48 horas antes da rotura folicular e liberação do óvulo pelo ovário. O kit é parecido aos testes de gravidez e é realizado numa amostra de urina e deve ser feito diariamente dentro do período fértil.

Como este tipo de teste assinala um resultado positivo um dia antes da ovulação, ele dá ao casal a possibilidade de planejar sua atividade sexual.

A única desvantagem, entretanto, é o alto custo, para o caso da mulher precisar utilizar o teste por muitos ciclos.

#Dica 4 – Ultrassonografias seriadas

Outro método que precisa de acompanhamento médico e está ganhando cada vez mais espaço quando o casal apresenta alguma dificuldade para engravidar, é o ultrassom seriado.

Com uma sequência de ultrassonografias transvaginais, que começa ainda no período menstrual e é repetida em um intervalo de poucos dias, o médico observa as alterações nos ovários e no endométrio (revestimento do útero) durante o ciclo.

Assim, o especialista pode determinar com mais exatidão quando a ovulação está para acontecer. Do mesmo modo, o médico pode orientar você a manter relações sexuais no momento correto.

Gostou do conteúdo de hoje? Ele foi útil para você? Ficou com alguma dúvida sobre como identificar o seu período fértil? Conte para a gente nos comentários!